Dieta da Manutenção do Peso Ideal

 

Perder quilos e ganhá-los imediatamente após concluir o plano de emagrecimento é um clássico que leva à desmotivação. Em primeiro lugar, há que considerar que tipo de dieta é sempre seguido, já que se trata de algumas das denominadas dietas milagre, que prometem fazer perder muito peso em pouco tempo, é possível que quando saia da dieta ganhe ainda mais peso do que o que se tinha no ponto de partida.

Esse é o temido efeito rebote, fruto de uma dieta chega a excluir grupos de alimentos, como os carboidratos ou as frutas, e que são monótonas, incompletas e geram ansiedade, sem alterar os hábitos incorretos.

Como é uma dieta de manutenção?

Manter o peso significa ter aprendido antes a levar uma alimentação saudável, variada e equilibrada, onde não há alimentos proibidos, apenas frequências e quantidades corretas. Por isso, o tipo de alimentos não tem por que alterar nesta nova fase.

É praticamente o mesmo, ainda que a diferença pode estar em aumentar as quantidade, para que o peso se mantenha estável e não seguir o emagrecimento. Também muda o sentimento de ter mais liberdade, de não se sentir tão coibido.

Essa dieta muda a frequência em que recomendamos os carboidratos complexos (arroz, macarrão, batata ou feijão) é a mesma do que a dieta de manutenção, a chave está em que, quando a pessoa quer perder quilos basta comer menos quantidade,se indica.

Por exemplo, em uma dieta de 1.500 calorias, a quantidade de legumes, seria de 60 gramas, e quando chega a manutenção é subimos a 80-100 gramas, dependendo da pessoa, a atividade física e a idade.

A importância da preparação 

Mas também é importante a forma de cozinhar. A Dieta da manutenção nos permite certas licenças, mas não significa que vamos mudar o hábito de tratar os alimentos grelhados, assados, cozidos…antes que fritos. Podemos preparar um prato de macarrão muito bom com legumes e com a metade de calorias do que se o fizermos com queijo ou frios. Há também alimentos no mercado light, como os queijos, que melhoraram muito o seu sabor e dão menos gordura.

Equilíbrio da balança

1 ou 2 quilos para cima ou para baixo
Ficar não significa ter um peso de imóvel. O normal em todas as pessoas é que o peso flutue de 1 a 2 quilos em função de fatores hormonais e sociais. O que tem que evitar são que as gramas vão para cima de forma progressiva.

Nosso corpo é feito para acumular as reservas de gordura para sobreviver em caso de restrição alimentar, uma herança genética de nossos antepassados.

Quando começamos a emagrecer com uma dieta, o corpo detecta uma situação que não gosta e prefere acumular por se vem uma situação de fome e poder sobreviver. Por isso se põem em marcha mecanismos compensatórios, lipogênese, que estimulam a criação de gordura. Ou seja, se você passar da conta, o excesso vai acumular antes que, começar a dieta.

Cabeça no lugar

Mas uma vez estabilizados e alcançado o objetivo, no período da manutenção não se podem esquecer as orientações aprendidas e passar de uma dieta saudável para outra com excesso de molhos, gorduras e doces, e, sobretudo, para aumentar o tamanho das porções e lanches. O peso dispara.

Dicas

  • Trata-Se de alcançar uma “filosofia de alimentação” que acalma a nossa dieta para manter um peso saudável.
  • Comer variado e moderado: inclui alimentos de todos os grupos e nas frequências corretas.
  • Cozinha com um pouco de azeite: óleo de oliva e com a mente. Entre 2 e 4 colheres de sopa por dia para os diferentes tipos de alimentos é a medida justa.
  • Pesar uma vez por semana ou a cada quinze dias, sem que se torne uma obsessão há que levar o controle para estabilizarmos em um peso saudável.
  • Compensar: Se temos passado, temos que saber que compensar com refeições mais leves nas tomadas ou dias seguintes. Mas pode ser uma faca de dois gumes, porque algumas pessoas que não sabem compensar chegam a fazer barbaridades, por exemplo, não comer nada antes de um banquete e chegar com tanta fome que, ao final, comem o dobro. Por isso é importante dosar as refeições ou jantares fora de casa, doces ou qualquer outro extra.
  • Usa produtos light, desnatados, com baixo teor de gordura e reduzir o álcool a um consumo ocasional e moderado.
  • Beba água: é o único líquido que não engorda e é fundamental para a hidratação constante do organismo.
  • Faça exercício de forma regular, embora seja apenas andar uns trinta minutos por dia: não só ajuda a manter o peso, mas a melhorar o humor e controlar a doença.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.

Suplementos de Parceiros: Quitoplan - Colastrina - Feminyx - Revital - Lectus | © 10 Dietas Slim 2017.